Priorizando os fatores de proteção contra as DCNT

Rosangela Andrade - 03/06/2019

Sabemos que toda doença é inconveniente e ainda por cima gera despesas. Além de se sentir mal, as pessoas não conseguem trabalhar, estudar e cuidar de sua família. Dependendo da enfermidade, pode ser ainda que necessite pagar por remédios e tratamentos caros.

Não é à toa que as pessoas costumam dizer: “É melhor prevenir do que remediar.” Embora nem sempre seja possível evitar ficar doente, muito se pode fazer para retardar o aparecimento de uma doença ou até mesmo se prevenir contra certas doenças.

O relatório “Salvando vidas, gastando menos: uma resposta estratégica às DCNT”, publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mostrou que os países mais pobres do mundo podem ganhar 350 bilhões de dólares até 2030 aumentando os investimentos na prevenção e tratamento de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT).

De acordo com o documento, para cada 1 dólar investido na ampliação de ações para tratar as DCNT em países de baixa e baixa-média renda, haverá um retorno à sociedade de pelo menos 7 dólares em aumento de empregos, produtividade e longevidade. Desta maneira, o mundo pode se aproximar significativamente do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 3.4, que prevê reduzir mortes prematuras por DCNT em um terço até 2030, se todos os países usarem essas intervenções.

Embora a saúde seja afetada por fatores além do controle, como condições econômicas, disponibilidade de recursos, e assim por diante, é bem provável que as pessoas consigam adotar algumas sugestões de hábitos saudáveis. Ter uma boa higiene, usar água de fonte segura, cuidar da alimentação, praticar atividades físicas e dormir bem, são algumas práticas que irão trazem benefícios imensuráveis á sáude.

Segundo Agência Fiocruz do Ministério da Saúde, lavar as mãos é “a melhor maneira de prevenir o desenvolvimento de infecções”.  Em relação ao sono, por exemplo, especialistas explicam que dormir o suficiente é importante para manter equilibrados os hormônios que afetam o metabolismo e o peso, a saúde cardiovascular e a prevenção de doenças. Não dormir o suficiente está relacionado à obesidade, depressão, doenças cardíacas, diabetes e acidentes trágicos.

A qualidade de vida nas organizações está diretamente relacionada aos 17 ODS, tanto pela sustentabilidade dos negócios como pela vida de todas as pessoas envolvidas. Na 18º Edição do Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida - ‘Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)’, um dos temas centrais será “Priorizando os fatores de proteção contra as DCNT”. Portanto, todos os diretores, gerentes, gestores de pessoas, líderes, consultores e coordenadores das áreas de qualidade de vida, saúde e recursos humanos poderão se beneficiar das informações e do intercambio de conhecimento que serão promovidos neste grande evento do setor.

Saúde mental: cuidado permanente

Saúde: não existe almoço grátis

PNQV 2019 – A decisão estratégica de reposicionamento do programa de Qualidade de Vida da empresa

Programação de Cursos do 18ª Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida

Agenda inclui o tema ‘Estratégias educacionais para apoio emocional às vítimas de desastres ambientais’. O curso ‘Programa de assistência ao Empregado’ será ministrado pela presidente da EAPA dos Estados Unidos, Libby Timmons.

Epidemias: o que fazer?

Sexualidade e Estruturas Familiares nos Tempos Atuais

Preservação da Vida no Trânsito

Drogas: Qual é o melhor Caminho?

Novas Tecnologias Facilitadoras do Controle das DCNT e Estilos de Vida

ODS 2030 - A Dimensão Ambiental

Vídeo 4

ODS 2030 - A Dimensão Social

Vídeo 5

A Importância da Informação. O Futuro Agora!

Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida

A Importância do Cuidado com a Maternidade e a Criança

Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida

ODS 2030 - As Dimensões Institucional e Econômica

Vídeo 3

Qual o Papel do Setor Produtivo na Implantação da Agenda 2030?

Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida

ODS 2030 - Como os temas se agrupam subdivididos e a preservação da integralidade

Vídeo 2

ODS 2030 - O que são ODS e sua relação com saúde e qualidade de vida

Vídeo 1

Tema central ODS 2030

Agenda 2030 - ONU: "Esta Agenda é um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade. Ela também busca fortalecer a paz universal com mais liberdade.