Saúde: não existe almoço grátis

Rosangela Andrade - 27/05/2019

Especialistas defendem a importância de hábitos de vida saudáveis para cuidar da saúde em geral de todos, crianças, jovens, adultos e idosos. Muitas pessoas estão atentas a tal necessidade. As pesquisas mostram que o plano de saúde é considerado uma prioridade para grande parte de seus usuários. É um serviço de primeira necessidade, relacionado aos cuidados de um bem maior, que é a vida.

Porém, como dizia o economista americano Milton Friedman (1912-2006), prêmio Nobel de Economia em 1976, “não existe almoço grátis”. Todo serviço de saúde tem um custo e é bancado com dinheiro pago pelas empresas que concedem o benefício aos seus trabalhadores, por meio das operadoras de planos de saúde e prestadoras de serviço. No caso do Sistema Único de Saúde (SUS) com o dinheiro de todos os contribuintes. Desta maneira, todas as decisões em saúde implicam custos e os incrementos em tecnologia nem sempre substituem a tecnologia anterior. Há a convivência entre o mais moderno e o tradicional, tanto para o uso de métodos diagnósticos quanto terapêuticos.

Neste sentido é fundamental que as organizações se adequem aos novos modelos de gestão com o objetivo de atuar na promoção da saúde do trabalhador e na sustentabilidade dos programas de qualidade de vida. Diante das constatações, empresários, líderes e gestores estão preocupados com o aumento dos custos da assistência médica e o que isso pode acarretar para o desenvolvimento do negócio.

Especialmente quando se trata de recursos em saúde, à utilização correta e responsável, necessita ser compreendida por todos os envolvidos como pacientes, prestador de serviços, etc. Esse entendimento é o que confere uma perspectiva de mudança positiva com resultados satisfatórios.

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 3 diz: “Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades”. Desta maneira, a Agenda Mundial tem o foco acabar com as epidemias de AIDS, tuberculose, malária e doenças tropicais negligenciadas, combater a hepatite, doenças transmitidas pela água, e outras doenças transmissíveis, até o ano de 2030.

O Brasil desempenhou papel fundamental na implementação dos ODM e tem mostrado grande empenho no processo em torno dos ODS, porém há muito que se fazer.

Durante a 18º Edição do Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida - ‘Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), os participantes poderão assistir a apresentação de palestras, cases e experiências que terão o enfoque especial voltado para o enfrentamento do assunto “Saúde: não existe almoço grátis”. Neste contexto, a mesa abordará aspectos como: economia da saúde, como consumir os serviços de saúde com a melhor relação custo benefício e a adequada cultura de saúde que deve ser parte das estruturas organizacionais.


 

Priorizando os fatores de proteção contra as DCNT

Saúde mental: cuidado permanente

PNQV 2019 – A decisão estratégica de reposicionamento do programa de Qualidade de Vida da empresa

Programação de Cursos do 18ª Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida

Agenda inclui o tema ‘Estratégias educacionais para apoio emocional às vítimas de desastres ambientais’. O curso ‘Programa de assistência ao Empregado’ será ministrado pela presidente da EAPA dos Estados Unidos, Libby Timmons.

Epidemias: o que fazer?

Sexualidade e Estruturas Familiares nos Tempos Atuais

Preservação da Vida no Trânsito

Drogas: Qual é o melhor Caminho?

Novas Tecnologias Facilitadoras do Controle das DCNT e Estilos de Vida

ODS 2030 - A Dimensão Ambiental

Vídeo 4

ODS 2030 - A Dimensão Social

Vídeo 5

A Importância da Informação. O Futuro Agora!

Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida

A Importância do Cuidado com a Maternidade e a Criança

Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida

ODS 2030 - As Dimensões Institucional e Econômica

Vídeo 3

Qual o Papel do Setor Produtivo na Implantação da Agenda 2030?

Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida

ODS 2030 - Como os temas se agrupam subdivididos e a preservação da integralidade

Vídeo 2

ODS 2030 - O que são ODS e sua relação com saúde e qualidade de vida

Vídeo 1

Tema central ODS 2030

Agenda 2030 - ONU: "Esta Agenda é um plano de ação para as pessoas, para o planeta e para a prosperidade. Ela também busca fortalecer a paz universal com mais liberdade.