Qual o Papel do Setor Produtivo na Implantação da Agenda 2030?

Rosangela Andrade - 16/04/2019

 É tempo de transformação! Não há duvidas de que estamos a cada dia presenciando mudanças, que de maneira geral, afetam a humanidade. Percebemos que tanto a maneira de se trabalhar como a de viver está mudando devido ao avanço das novas tecnologias, que, por sua vez, também provocam transformações na economia e na sociedade.

A Agenda 2030 tem a proposta de engajar os países na construção de um futuro melhor e envolver a todos em um plano de ação para colocar o mundo em um caminho mais sustentável.

De acordo com Eloir Edilsom Simm, presidente da ABQV, a indústria nacional tem grande potencial para gerar novos e positivos resultados. Nossas organizações devem reforçar suas capacidades de atuação em um maior grau de envolvimento para dar forma e implementar estratégias nacionais para o desenvolvimento sustentável. O setor produtivo é um dos alicerces para o alcance das metas estabelecidas nos 17 ODS. O caminho é unir esforços para promover melhorias na promoção da saúde do trabalhador, no aumento da produtividade e qualidade dos produtos”, afirma.

Os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são o núcleo da Agenda e deverão ser alcançados até o ano 2030. Neste contexto destacamos a “Saúde e o Bem-Estar” (ODS 3), o “O trabalho Decente e Crescimento Econômico” (ODS 8), a “Indústria, Inovação e Infraestrutura” (ODS 9) e o “Consumo e Produção Responsáveis” (ODS 12). Desta maneira, se torna evidente que o setor produtivo tem um papel importante no cumprimento destas metas. Sem dúvidas, são ações que farão a diferença na vida das pessoas. 

Durante a 18 º Edição do Congresso Brasileiro de Qualidade de Vidaserão abordados assuntos que diz respeito a toda a cadeia produtiva, no âmbito da indústria, do comércio e do governo, envolvendo: a sustentabilidade do negócio, o alcance social, o processo produtivo saudável, a inovação, a responsabilidade na produção e no consumo, a preservação dos recursos.